dermatologista@samanthakelmann.com.br (11) 3081-6148 / (11) 3085-3061

Dermatologia e Gestação


Dermatologia e Gestação

A Gravidez e a Pele

A gravidez é o período da vida da mulher onde as transformações, alegrias e algumas angústias ficam mais a flor da pele.

Será que o que está acontecendo comigo é natural? Meu cabelo está mais forte? Mais fraco? Vou manchar minha pele? Posso tomar sol? Não devo tomar sol? Vou ter estrias? Estas são algumas de uma lista de perguntas.

Um acompanhamento próximo com seus médicos, ginecologistas e dermatologistas, garante o bem-estar e a tranquilidade de grávidas de primeira-viagem e mesmo de outras mais experientes com novas dúvidas.


Alterações de Pele na Gravidez

Algumas áreas de corpo começam a ficar mais escuras, como os mamilos e a linha do umbigo até o púbis, e o que causa a maior preocupação nas mulheres, que são as manchas escuras na face – chamadas de melasma ou cloasma.

Manchas avermelhadas pelo aparecimento de vários vasinhos, chamados telangiectasias, também podem aparecer e, ás vezes sumirem no final da gestação.

Os cabelos e as unhas tendem a ficar mais fortes e com melhor crescimento.

Acne é um sinal controverso, pois algumas mulheres ficam com uma pele de seda, enquanto em outras, aparecem mais espinhas.

Prurido gravídico, que é uma coceira mais localizada no abdome, pode ocorrer em até 20% das mulheres no final do primeiro trimestre. Não necessariamente haverá lesões cutâneas no local.

Edema e inchaço são muito frequentes e tendem a durar até o parto, principalmente em pernas e pés.

A gengicite da gravidez, devido ao aumento dos níveis de progesterona, também pode surgir e, inclusive, levar à formação de ulcerações.


Dicas

Use filtro solar diariamente. É importante tomar um pouco de sol para ajudar na formação óssea do bebê, mas, sempre nos horários indicados e usando filtro protetor.

A hidratação corporal também é importantíssima, pois a pele hidratada torna-se forte e mais resistente ao estiramento natural. A ingestão de água deve ser suficiente para cada tipo de mulher, afinal, diferentes estilos de vida levam a quantidades variáveis de água diariamente. Jamais esquecer da hidratação corporal com cremes hidratantes que tenham componentes seguros para o bebê.

Estrias devem ser evitadas desde o início da gestação com alguns cuidados: engorde apenas o necessário para o bom desenvolvimento do bebê a cada mês, use óleos e hidratantes diariamente para proteção da pele frente ao estiramento que irá sofrer, faça drenagens linfáticas para redução do edema com profissionais capacitadas para o atendimento de grávidas, use roupas adequadas para grávidas para evitar compressões inadequadas para o corpo da gestante e um bom sutiã de sustentação.

Exercícios físicos fazem muito bem para a pele e para o bebê desde que não sejam muito vigorosos, nem aumentem muito os batimentos cardíacos.

Durante a gravidez os cabelos costumam ficar lindos, fortes e brilhantes, porém, em algumas mulheres, pode ser iniciado um processo de queda. Complexos vitamínicos, queratinas e biotinas podem ser muito úteis, sempre após liberação médica.

Vitamina C via oral ajuda muito nos casos de gengivite da gravidez.

Assine nossa Newsletter