Dermatologia Infantil

Como cuidar da pele do bebê na praia

30 dez , 2017  

Bebê engatinhando na praia

Os índices de radiação solar são altíssimos no Brasil e devemos tomar cuidado redobrado com bebês e crianças.
Saiba mais sobre os cuidados em cada idade:
0 a 3 meses: O ideal é não levar o bebê à praia ou à piscina nesta idade, pois a pele é muito fina e ainda está em processo de formação, ou seja, tem menos proteção contra agentes externos. Você pode expor o bebê ao sol em ambiente domiciliar antes das 8h00 ou depois das 17h00. 10 minutos por dia são suficientes para aproveitar os benefícios do sol para a saúde. De preferência, deixe o bebê tomar sol apenas nas pernas e nos braços.

4 a 6 meses: Nesta idade o bebê já está mais protegido, já tomou as vacinas mais importantes e pode circular fora do ambiente domiciliar. Mas ainda deve evitar piscinas e praias. O horário de exposição ideal é de antes das 8h00 e depois das 17h00.

A partir de 6 meses: O sistema imunológico e a pele já estão mais preparados para ambientes externos e o bebê já pode usar protetor solar, desde que seja específico para uso nesta faixa etária. Antes de usar o protetor, aplique uma pequena quantidade no antebraço do bebê e espere 24 horas para se certificar de que não aparece nenhuma reação alérgica.
As roupas devem ser leves e com tecido que filtre os raios UVA e UVB. Acessórios também são importantes: chapeuzinhos, bonés e o carrinho de bebê ajudam a proteger a pele do sol.
O horário de exposição ideal é de antes das 8h00 e depois das 17h00.

A partir de 2 anos: Além das recomendações acima, use protetor solar específico para esta faixa etária.

Saiba mais sobre cuidados com a pele no verão: http://www.sbd.org.br/dermatologia/pele/cuidados/cuidados-com-a-pele-no-verao/

, , ,

Dermatologia Infantil

Dermatite de fraldas e assaduras

9 out , 2017  

mãe trocando a fralda do bebê

A dermatite de fraldas e assaduras é uma alteração muito comum, principalmente em recém-nascidos e bebês de até um ano de idade.

A dermatite de fraldas acontece não somente por uma alergia as fraldas, mas principalmente pelo contato da pele com as fezes e a urina. O recomendado é trocar a fralda assim que notar que está suja, pois este contato pode causar irritação e assaduras.

Alguns pais ficam preocupados, pois a progressão do estágio simples para o avançado é muito rápida, às vezes acontece de um dia para outro.

Também é indicado utilizar pomadas para prevenção de assaduras, pois formam uma película de proteção na pele, o que causa menos irritação. Sempre que possível, é recomendado deixar a pele da criança mais exposta, sem fralda, para que a pele possa respirar.

A dermatite também pode ser causada pelo fungo da cândida, causando pontinhos vermelhos nas assaduras e até por uma infecção pela bactéria streptococcus.

Converse com um Dermatologista para saber o tipo de pomada preventiva e o tratamento adequado em cada caso.

,

© Copyright 2021   Dra. Samantha Kelmann | Blog