Dermatologia Infantil

Dermatite de fraldas e assaduras

9 out , 2017  

mãe trocando a fralda do bebê

A dermatite de fraldas e assaduras é uma alteração muito comum, principalmente em recém-nascidos e bebês de até um ano de idade.

A dermatite de fraldas acontece não somente por uma alergia as fraldas, mas principalmente pelo contato da pele com as fezes e a urina. O recomendado é trocar a fralda assim que notar que está suja, pois este contato pode causar irritação e assaduras.

Alguns pais ficam preocupados, pois a progressão do estágio simples para o avançado é muito rápida, às vezes acontece de um dia para outro.

Também é indicado utilizar pomadas para prevenção de assaduras, pois formam uma película de proteção na pele, o que causa menos irritação. Sempre que possível, é recomendado deixar a pele da criança mais exposta, sem fralda, para que a pele possa respirar.

A dermatite também pode ser causada pelo fungo da cândida, causando pontinhos vermelhos nas assaduras e até por uma infecção pela bactéria streptococcus.

Converse com um Dermatologista para saber o tipo de pomada preventiva e o tratamento adequado em cada caso.

,

Tratamentos

Verrugas – Diagnóstico e Tratamento

8 out , 2017  

Verrugas diagnóstico e tratamento

Você sabe o que são verrugas? Por que elas aparecem? Como tratá-las?

Esse é um problema que acomete muitas pessoas e causa muitas dúvidas.

Afinal, o que são verrugas?

As verrugas são tumorações benignas de pele. São causadas pelo papiloma vírus humano (HPV). Os aspectos das lesões estão ligados a um ou vários diferentes sorotipos de HPV.

Como acontece o contágio?

O contágio pode acontecer por contato direto, através de pequenas feridas, relações sexuais e via materno-fetal.

Quais os tipos de verrugas?

Verrugas vulgares: no geral, são arredondadas ou irregulares, endurecidas e ásperas. Tendem as ser claras no início, mas podem mudar de cor com o tempo. Aparecem principalmente em áreas com maior atrito, como mãos, joelhos e cotovelos. Pode aparecer em qualquer idade, mas é mais comum acontecer na infância e adolescência.

Verrugas planas: Possuem pequenas pápulas que podem ser amarelas ou castanhas. São mais macias que a as verrugas vulgares.

Verrugas plantares: Também conhecidas como “olho de peixe”, são dolorosas e aparecem na planta dos pés. Podem ser confundidas com calos, por serem endurecidas. Elas crescem para dentro da sola do pé, por conta do peso que o corpo faz sobre elas, causando dores nos pacientes ao andar.

Verrugas filiformes: Aparecem principalmente no rosto e no pescoço, e são caracterizadas por serem lesões finas e alongadas, projetadas para fora do rosto.

Verrugas anogenitais ou condilomas acuminados: Se formam nas regiões genital, peniana, oral e uretral e podem causar tumores malignos.

Como é realizado o diagnóstico?

Através de exames clínicos, como o aspecto e localização da lesão. Colposcopia, papanicolau e biópsia são realizadas nas regiões genitais para identificar o tipo de HPV.

Como são tratadas?

Cada tipo de verruga possui um tratamento diferente. Algumas podem desaparecer normalmente após um tempo. O tratamento pode ser feito com medicação para cauterização química, remoção cirúrgica com eletrocauterização, crioterapia e laser.

Tratamentos

Tratamento para suor excessivo (hiperidrose)

7 out , 2017  

Médica em pé com braços cruzados sorrindo texto tratamento para suor excessivo hiperidrose

A hiperidrose caracteriza-se pelo suor excessivo e imprevisível.

Geralmente, os pacientes sentem desconforto com as marcas nas roupas e o odor mais forte.
Esse problema pode ser tratado com aplicação de toxina botulínica, para eliminar totalmente ou de maneira significativa a sudorese. O efeito pode durar de seis meses a um ano, dependendo de cada organismo.
Em alguns pacientes, a segurança transmitida pela aplicação da toxina botulínica é tão grande, que mesmo após o término de seu efeito, o suor não volta a incomodar.
A aplicação de toxina botulínica nas axilas é feita em consultório, de forma rápida e quase indolor.

,

© Copyright 2022   Dra. Samantha Kelmann | Blog