tomar colágeno funciona? foto mostra moça com as mãos no rosto simbolizando jovialidade

rejuvenescimento,Tratamentos para a pele

Laser de CO2 Fracionado

12 ago , 2017  

Como age o Laser de CO2 Fracionado e os principais benefícios para a pele.

O que é?
O laser de co2 é utilizado para estimular a produção de colágeno da pele, melhorando as rugas finas e cicatrizes. Ele atinge a epiderme, a camada mais superficial da pele.

Como funciona?
O laser de co2 fracionado provoca pequenas lesões na pele, que ajudam a produzir colágeno no processo de recuperação. Seu alvo é a água, por isso não há risco de atingir uma camada muito superficial da pele.

A profundidade da pele a ser atingida é definida pelo médico, de acordo com as características de cada paciente.

Quais as vantagens?
O laser de co2 fracionado pode ser utilizado em diversas partes do corpo, promovendo rejuvenescimento facial, removendo cicatrizes, estrias e melhorando a flacidez.

Para quem é indicado?
Esse procedimento é indicado para pacientes que tem alguma insatisfação com a sua pele, como rugas, estrias, cicatrizes, flacidez e manchas.

Vale ressaltar que a pele deve ser avaliada pelo dermatologista antes da aplicação.

Qual a duração dos efeitos?
Mesmo os efeitos sendo mais duradouros, o envelhecimento é um processo natural do organismo, pois isso é importante consultar o dermatologista anualmente para verificar a necessidade de realizar mais algumas sessões.

Como é feito o procedimento?
A região a ser tratada é limpa e anestesiado com anestésico tópico antes da aplicação do laser. O número de sessões depende do tratamento que será realizado, e a intensidade do laser será definindo pelo médico.

Quais os cuidados após o procedimento?
É normal a pele ficar vermelha e inchada no local que o laser de co2 foi aplicado.

O médico indicará os melhores cremes para ajudar na recuperação, sem se esquecer de usar protetor solar diariamente, pois a pele estará sensível.

Quais as contraindicações?
O laser de co2 fracionado é contraindicado para peles bronzeadas, para peles com tendência a queloides, pacientes com vitiligo, lúpus e outras doenças fotossensiveis. Também não é indicado para pacientes com infecção ou inflamação na pele a ser tratada.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

© Copyright 2021   Dra. Samantha Kelmann | Blog